C.M. Ílhavo - Voltar ao início
Hoje
Hoje
Amanhã
Amanhã

Painel de azulejos do Museu Marítimo será o mote do próximo encontro “Em Ílhavo acontece à sexta”

2018/04/30
Painel azulejos mmi1 1 715 9999

A próxima sessão de “Em Ílhavo acontece à sexta” tem lugar esta sexta-feira, dia 4 de maio, pelas 19h00, no Museu Marítimo de Ílhavo.


A vocação marítima dos Ílhavos é amplamente conhecida e está representada neste painel de azulejos que faz parte das reservas do Museu Marítimo de Ílhavo. As primeiras referências a esta peça aparecem na correspondência de Américo Teles, em 1934, em que se aborda a existência de azulejos decorados com embarcações antigas, produzidas pela Fábrica de Cerâmica de Constância.


Propõe-se uma viagem à história do Museu Marítimo de Ílhavo numa tertúlia guiada por Catarina Resende Dias, Conservadora do MMI, Manuel Cleto, Presidente da Direção do Museu de Ovar, e Manuel Rodrigues Ferreira, Doutorado em Ciências Sociais e autor de diversos estudos sobre o património da região.

 

Notas biográficas


Manuel Cleto, natural de Espinho, cidade onde frequentou o ensino básico e mais tarde a Escola Industrial. Licenciado pelo Instituto Superior Técnico, exerceu funções no Laboratório Nacional de Engenharia Civil. Cumpriu serviço militar em Angola entre 1972 e 1974. Professor de Educação Visual e Tecnológica na região de Espinho e Ovar desde 1975. Coordenador do Projeto P.A.O. (Património Arquitetónico de Ovar) na Escola António Dias Simões. Atualmente é o Presidente da Direção do Museu de Ovar, cargo que desempenha desde 2012.

 

Manuel Rodrigues Ferreira é mestre em História Contemporânea de Portugal pela Universidade de Coimbra (1993) com dissertação intitulada A Historiografia da Indústria Portuguesa, 1892-1931, e doutor em Ciências Sociais pela Universidade de Aveiro (2007) com uma tese intitulada: Empresas e Empresários das Indústrias Transformadoras da Sub-região da Ria de Aveiro, 1864-1931. Atualmente prepara pós-doutoramento em História da Educação, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, sobre O Ensino Técnico e o Tecido Empresarial de Aveio e Águeda, durante o Estado Novo. Entre os trabalhos publicados contam‐se os seguintes: História da Indústria Portuguesa (1999), Ricardo Gallo, 1899-1999. Um século de inovação e tradição no vidro, Marinha Grande (1999) ambos em coautoria com José Amado Mendes, Vidro e vidreiros na Vista Alegre. Documentos para a história da Fábrica fundada por José Ferreira Pinto Basto, 1824‐1839 (1998), «Rodrigues de Freitas e a Indústria. Um confronto com Oliveira Martins» António Almodôvar et al. (org.), Rodrigues de Freitas. A obra e os contextos. Atas do Colóquio (Porto, 26 e 27 de Outubro de 1996), «A Metalurgia Casal, 1964-1974. Elementos para uma cultura de empresa», Gestão e Desenvolvimento (1994). «Arquivos das empresas: património ignorado», Estudos Aveirenses, (1993). Atualmente é professor auxiliar na Universidade de Aveiro.

 

Catarina Resende Dias, natural de Aveiro, é licenciada em História, variante de História da Arte (1998) e mestre em Arte, Património e Restauro (2002), ambas pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Desenvolveu trabalhos de voluntariado no Museu de Aveiro e, mais tarde, integra a equipa do Museu de José Malhoa, Caldas da Rainha, ao abrigo de um programa europeu para inventariação de bens culturais móveis. É desde 2001 Conservadora do Museu Marítimo de Ílhavo incidindo o seu trabalho no estudo e inventário da coleção do museu. Entre os trabalhos desenvolvidos destacam-se os inventários das coleções de Pintura, Escultura, Gravura, Desenho, Vidro e Mobiliário, o catálogo da exposição Artes de Pesca. As pescas na Arte, (2005), em coautoria com Álvaro Garrido e o artigo A coleção de pesca do bacalhau Museu Marítimo de Ílhavo: despojos de uma arte maior, publicado na Revista Argos, em 2016, em coautoria com Paula Ribeiro. Destaca-se igualmente a participação em diversos projetos expositivos desenvolvidos pelo Museu Marítimo de Ílhavo.

 

Museu Marítimo de Ílhavo
Centro Cultural de Ílhavo
Biblioteca Municipal de Ílhavo
Forum Municipal da Juventude
CROACI
EMER
Skate Park
Ecocentro Municipal